Cristina Brites

Cristina Brites

Quem procura num notebook uma combinação de elegância, acessibilidade e desempenho pode parar de procurar. O novo Packard Bell EasyNote E series está disponível a 15 de Abril de 2012 e tem tudo o que deseja.

Durante mais de 80 anos, a marca Packard Bell seguiu à risca os seus valores de facilidade de utilização, desempenho e acessibilidade. Para muitos utilizadores tão importante é o preço como a fiabilidade do notebook em oferecer uma boa performance a um custo acessível.

O Packard Bell EasyNote E series vai alargar o alcance da marca.

“É natural que tenha havido desde sempre uma procura por produtos com grande valor acrescentado,” diz a propósito Luca Rossi, Vice-Presidente da Divisão de Consumo do Grupo Acer para a região EMEA. “Mas o mercado é hoje mais exigente. Claro, as pessoas querem um notebook acessível, mas também procuram desempenho e funcionalidade. É precisamente isso que o Packard Bell EasyNote E series oferece.”

 

2 modelos disponíveis, escolha o seu

Disponível em 14” ou 15,6”, o Packard Bell EasyNote NE e Packard Bell EasyNote TE estão equipados com funcionalidades que melhoram a experiência de utilização. A atenção ao detalhe, uma característica da Packard Bell, está aqui bem representada, graças ao design ‘clean’ e intemporal: a tampa a preto brilhante combina com o acabamento prateado do apoio para os pulsos. O touchpad multigestos é fácil de usar, permitindo-lhe tocar, rodar, fazer scroll e aumentar sem problemas – usando apenas a ponta dos dedos.

O Packard Bell EasyNote E series é o notebook ideal para navegar na internet, tirar notas na faculdade, armazenar imagens e música e, no geral, ajudá-lo nas taregas do dia-a-dia.

 

Ótimo desempenho

Os utilizadores de hoje em dia exigem uma fantástica experiência visual e é precisamente isso que eles obtêm com o Packard Bell EasyNote E series. Com um ecrã HD 1366 x 768 e proporção 16:10 e gráficos NVIDIA®[1], a imagem está sempre no seu melhor[2] -- seja enquanto assiste ao seu filme favorito ou realize uma videochamada através da webcam integrada que, graças à sua luz LED, notifica-o da sua atividade.

A porta HDMI® permite-lhe ligar o notebook a uma HD TV para uma experiência em grandes dimensões.

O Packard Bell EasyNote E series integra um poderoso processador – Intel® Core™ 2ª geração – para que possa jogar títulos populares ou realizar múltiplas tarefas, sem comprometer o desempenho[3].

Com até 1TB de disco, o Packard Bell EasyNote E series armazena uma biblioteca de filmes, música, fotos e ficheiros. Quer outras fontes de armazenamento? Pode fazê-lo com o leitor de cartões tudo-em-1 que lhe permite transferir fotos, filmes, música e outros ficheiros. Quer estar online em movimento? Com a ligação à rede Wi-Fi® pode estar online a partir de qualquer ponto de acesso sem fios.

Facilidade de utilização foi desde sempre uma das características dos produtos Packard Bell. Os atalhos localizados na parte superior do teclado dão acesso direto às funções e serviços que procura.

Por exemplo, a tecla MyBackUp poupa-lhe imenso tempo, levando-o diretamente ao Nero® 10 Essentials para realizar backup rápido e facilmente. E porque é possível agendar backups para correr no fundo, fique descansado pela segurança dos seus dados.

 

Boas notícias para os adeptos das redes sociais

A tecla das redes sociais, em particular, chamam a atenção para este notebook – prima um único botão e vá ao Twitter, Facebook, YouTube™ ou Flickr. Para quem usa as redes sociais diariamente, esta funcionalidade é bem-vinda.

 

Preço e disponibilidade

O Packard Bell EasyNote E series está já disponível e tem um PVP aproximado de 349 euros.

Disponibilidade, oferta de software e componentes variam de acordo com o país.

 

Mais informações em www.packarbell.pt

Tablets Acer nas escolas - Novo projeto Acer-EUN vai examinar como os tablets podem ser usados no contexto da educação

No seguimento do projeto-piloto Acer-European Schoolnet Educational Netbook, a Acer decidiu requisitar um novo estudo para examinar como a utilização dos tablets Windows da Acer podem ter um impacto nos processos de ensino e aprendizagem nas salas-de-aula e apoio e, consequentemente, em novas formas de ensinar e aprender.

Este projeto explora mais profundamente a utilização das novas tecnologias nas escolas e as tendências do ensino um-para-um (1:1) baseado na experiência adquirida no projeto-piloto Netbook. O projeto está a decorrer desde Setembro de 2011 e até Junho de 2012, envolvendo mais de 60 escolas. O objetivo é identificar boas práticas de ensino, fornecendo exemplos ou recomendações às escolas em busca de implementar esta tecnologia e examinar fatores-chave para uma integração bem-sucedida das TIC nas escolas.

Um total de 400 tablets Windows Acer Iconia W500, equipados com processadores AMD, foram distribuídos nas escolas – a mais de 240 professores e 150 alunos – de oito países europeus: Portugal, Estónia, França, Alemanha, Itália, Espanha, Turquia e Reino Unido.

Ao trabalhar com estes dispositivos, os professores podem integrar a utilização de tablets nas suas práticas de ensino para desenvolver abordagens pedagógicas inovadoras: preparar as aulas, produzir recursos de aprendizagem e utilizá-los na aula ou partilhá-los com colegas, enquanto exploram a utilização destes dispositivos por parte dos alunos.

“Os professores envolvidos estão motivados e empenhados em estudar o impacto dos tablets nos seus métodos de ensino e, acima de tudo, em enriquecer a experiência de aprendizagem dos seus alunos. Apoio pedagógico contínuo é um fator-chave para o sucesso”, diz a propósito Anja Balanskat project manager no European Schoolnet, a organização responsável pela coordenação e avaliação do projeto. Para isso, os professores obtêm apoio pedagógico e possibilidades de participar em webinars gratuitos e outras atividades online através do website “1:1 Pedagogy for Schools” (http://1to1.eun.org). O website fornece recursos a todos os professores interessados na pedagogia 1:1.

“As escolas na Europa têm de dar o passo para a era digital. Isto requer um esforço tremendo como adoção de novas ferramentas educacionais como os tablets,” diz Federico Carozzi, Acer EMEA Educational Business Manager. “A tecnologia é um bem precioso na educação: a utilização da tecnologia pode complementar e melhorar as metodologias aplicadas.”

Os tablets são uma nova categoria de computadores móveis que podem oferecer diferentes benefícios a professores e alunos. Graças a ecrãs multitoque, os tablets estão otimizados para atividades básicas, como navegar na Internet, ler conteúdos, desenhar ou escrever utilizando os dedos. Por estas razões, os tablets podem ser ideais enquanto dispositivos de aprendizagem móveis para jovens aprendizes.

A nova versão do Free Video Dub realiza edições muito rápidas, preservando a qualidade do ficheiro original, sem necessidade de recodificação do vídeo.

A DVDVideoSoft está constantemente a criar novas aplicações e a melhorar constantemente os programas que desde há muito possuem uma dedicada legião de fãs.

Desta forma, foram recentemente melhorados os programas de captura de vídeos do YouTube e de gravação de DVD. Agora é vez do Free Video Dub, uma aplicação gratuita de edição de vídeo que foi completamente reescrita e ganhou novas funcionalidades, de forma a satisfazer os utilizadores mais exigentes.

O Free Video Dub é uma ferramenta muito fácil de usar, destinada a editar vídeos que tenham sido gravados com qualquer câmara. A maior novidade deste programa é que – ao contrário de outras ferramentas do género – funciona sem que seja necessário recodificar o ficheiro, preservando assim a qualidade do vídeo original.

Tudo o que o utilizador tem de fazer é definir os pontos de início e fim da parte que pretende editar, apagá-la e clicar no botão para gravar o ficheiro. O vídeo editado é gravado como um ficheiro novo.

Este programa de edição sem perdas (lossless) suporta uma grande variedade de formatos de vídeo, designadamente *.avi, *.mpg, *.mp4, *.mkv, *.flv, *.3gp, *.webm e *.wmv. A anterior versão da aplicação suportava apenas ficheiros no formato MPEG-1 e MPEG-2, mas agora é também possível cortar facilmente ficheiros MP4 que tenham sido criados com codecs H.264 e MPEG4.

Em qualquer destes formatos, o Free Video Dub edita os vídeos sem influenciar a sua qualidade original. O facto de não ser precisa qualquer recodificação significa também que o programa é extremamente rápido, uma vez que a recodificação é um processo moroso e muito dependente da capacidade do processador.

A propósito desta nova versão do Free Video Dub, a representante da DVDVideosoft Aline Terny comentou: “estamos extremamente satisfeitos com o Free Video Dub 2.0.8; o programa permite cortar partes do vídeo sem necessidade de recodificação, o que significa que preserva a qualidade dos ficheiros originais. Nós próprios usamos o programa, pois funciona de forma muito fácil e rápida, e por isso queremos partilhá-lo convosco.”

A versão atualizada (2.0.8 ) do Free Video Dub, bem como o conjunto completo das ferramentas do DVDVideoSoft Free Studio 5.5.0 podem ser descarregados a partir do website da empresa, em www.dvdvideosoft.com.

25 aplicações falsas para smartphones são responsáveis por custos elevados em SMS de valor acrescentado

As equipas técnicas de pesquisa dos laboratórios da Avast antivirus em Praga descobriram uma série de falsas lojas de aplicações, usadas para fazer download de apps para smartphones que depois são responsáveis pelo envio de SMSs de valor acrescentado. Usando uma variante da família Android:FakeInst, os novos marketplaces disponíveis em www.t2file.net, www.uons.net, www.uote.net e www.sofile.net visam defraudar os utilizadores que procuram alguns screen savers e jogos para os seus smartphones.

“Todos estes sites foram colocados online apenas há cerca de uma semana, pelo que à partida servem apenas para serem utilizados como uma plataforma de disseminação de malware”, explica
Ondrej Vlcek, CTO da AVAST Software. “Ao aceder a estes URLs através de um browser num PC, o computador faculta uma mensagem de erro. Se, todavia, aceder através de um smartphone, é indicado ao utilizador que este deve instalar um downloader com uma série de permissões, incluindo a possibilidade de utilização indevida de mensagens SMS de valor acrescentado.”

Muito embora os sites tenham sido concebidos para atacar utilizadores russos, o downloader falso gera SMSs de valor acrescentado baseadas no país de origem do utilizador e conta com números de mais de 60 países diferentes num ficheiro XML com encriptação AES que é descarregado juntamente com a aplicação.

É difícil perceber se os providers dos serviços de SMSs de valor acrescentado são coniventes com esta  tentativa de fraude criada para os utilizadores de smartphones. No entanto, o Sr. Vlcek acredita que o Avast! Continua a ser o único produto anti-malware que consegue detetar esta nova geração de aplicações fraudulentas de mensagens de valor acrescentado.

Ondrej Vlcek avisa que “nunca se deve confiar em lojas alternativas de aplicações e deve sempre verificar-se as permissões impostas pela aplicação. Se o utilizador fizer o download de um jogo ou de um screensaver que pede permissões de acesso a SMSs ou a chamadas telefónicas, então o mais provável é que o utilizador tenha uma surpresa desagradável quando vir a conta no fim do mês”.

Para mais informação, visite o blogue da Avast em: https://blog.avast.com/

O Aspire One 725 foi concebido para combinar um look elegante com desempenho de ponta permitindo aos utilizadores usufruir duma soberba experiência multimédia virtual – filmes, jogos, fotos, vídeos – onde quer que estejam. Este netbook oferece uma excelente experiência de utilização com fantásticos visuais HD a qualquer momento, em qualquer lugar.

O Aspire One 725 destaca-se, e não apenas pelo seu desempenho. Disponível em duas cores, Caribbean blue e Volcanic black, o netbook ostenta uma tampa brilhante. O acabamento em mate do apoio para os pulsos combina com a cor da tampa para um aspeto mais agradável e previne dedadas e manchas das palmas das mãos. Com menos de uma polegada de espessura e cerca de 1,2 kg de peso, o netbook cabe perfeitamente dentro de uma mala ou mochila e fornece uma visualização confortável graças ao ecrã de 11,6 polegadas.

Este novo netbook integra um painel com retroiluminação LED Acer CineCrystal™ de alto brilho, com resolução HD e proporção 16:9, tornando-o ideal para entretenimento e produtividade.

Para oferecer uma experiência sem compromissos, o netbook está equipado com uma porta HDMI para ligação a um televisor HD, monitores panorâmicos ou projetores e partilha de vídeo em alta-definição.

E, para comunicação face-a-face, capturar fotos ou videoconferência tem a webcam Acer HD CrystalEye com Acer Video Conference Manager para melhoramento da imagem e partilha de fotos e documentos no momento!

Com a tecnologia AMD APU Fusion, processador AMD C e gráficos AMD Radeon™ HD 6290, que suporta os mais recentes padrões gráficos, processamento de imagem em tempo real e maior nitidez, o Aspire One 725 cumpre qualquer tarefa com facilidade. Agora é possível usufruir duma experiência FullHD através da web, com streaming de vídeo até três vezes mais rápido.

Adicionalmente, o Aspire One 725 está preparado para melhorar a sua navegação na web e tirar partido do universo visual digital da atualidade, para além de conseguir de forma eficiente cumprir tarefas como envio de emails, chat, visualização de fotos, edição de documentos e função multitarefas, até mesmo com aplicações exigentes.

Uma análise dos dados do Netscope para o ano 2011 mostra que, embora o Internet Explorer seja o browser mais utilizado em Portugal, o Google Chrome quase duplicou a sua quota ao longo do ano, chegando a Dezembro como o segundo mais utilizado entre nós.

Segundo os dados do Netscope, durante o ano de 2011, o Internet Explorer foi o Browser mais utilizado pelos portugueses para aceder aos sites auditados pela Marktest.

60.3% das 14,8 mil milhões de pageviews contabilizadas nesse ano foram acedidas através do Internet Explorer, que foi seguido pelo Mozilla Firefox, com uma quota de 19.4%, e pelo Google Chrome, com 15.7%.

O Internet Explorer foi, ao longo de 2010, o browser que gerou maior número de pageviews, tendo alcançado a quota máxima em Fevereiro de 2011, com 65.3%. Apesar da primeira posição, este browser registou uma quebra de 17.5% entre Janeiro e Dezembro de 2011, chegando ao final do ano com pouco mais de metade do total (53%).

O Mozilla Firefox manteve no geral do ano 2011 a segunda posição, alcançando a sua quota máxima em Janeiro, com 20.3%. Nos últimos dois meses do ano, foi, contudo, ultrapassado pelo Google Chrome, que esteve na terceira posição até aí, tendo chegado ao final do ano em segundo, com uma quota de 22.1% em Dezembro. Este último browser foi entre os mais utilizados o que mais cresceu ao longo do ano, com os valores de Dezembro a quase duplicarem os observados em Janeiro.

netscope1.gif.mrkf

O gráfico posiciona os principais browsers em função dos valores registados no início do ano, o que evidencia o franco crescimento do Chrome e do Safari e o decréscimo do Firefox e do Internet Explorer.

Fonte: Marktest

Realizou-se ontem, dia 26 de Abril, a Festa de Lançamento do site do conceituado Relações Públicas, Alexandre Alves Ferreria. Na festa, realizada no Club Vintage de Lisboa, Não faltaram os mais sonantes nome da moda, cultura e sociedade da capital lisboeta. Entre os presentes encontrava-se João Rôlo, com imagem totalmente renovada, Paula Taborda, Carlos Veríssimo, Pedro Reis, Lady Betty Grafstein e José Castelo Branco, Samuel Lopes (anfitrião no Club Vintage), Helena Aboim, Nuno Vaz de Moura, Abel Dias, entre muitos outros. Aqui ficam algumas das imagens captadas durante o evento.

www.AlexandreAlvesFerreira.com é um projecto desenvolvido pela 7App.pt - Digital Agency, e a festa de lançamento teve o apoio da AEG, Matinal, Morgadio Real, Ideiasign, Hiper Estética, Fun Fashion, The Clinic e Club Vintage.

A Jaspersoft oferece inteligência empresarial gratuita baseada na nuvem para relatórios dimensionáveis a nível de produção.

A Jaspersoft, empresa produtora do software de inteligência empresarial (BI) mais utilizado a nível mundial, anunciou que a edição comunitária do JasperReports Server está disponível no mercado de serviços de Internet da Amazon (Amazon Web Services – AWS). Na qualidade de solução Open Source de BI, o JasperReports Server proporciona aos desenvolvedores e aos profissionais de TI e de BI a capacidade de produzirem, personalizarem e utilizarem imediatamente relatórios interativos baseados na nuvem, sem qualquer custo.

O mercado AWS é uma loja virtual online que ajuda os seus clientes a encontrarem e a adquirirem o software de que necessitam para executarem projetos de desenvolvimento e para realizarem a sua atividade empresarial. Com o lançamento do mercado AWS, o Jaspersoft está agora disponível como uma Imagem de Máquina Amazon (AMI – Amazon Machine Image) pré-configurada, permitindo aos clientes utilizarem‑no na Amazon Compute Cloud (EC2) com apenas alguns cliques do rato. O acesso ao Jaspersoft proporciona aos clientes a possibilidade de construírem de imediato capacidades para relatórios avançadas e escaláveis de forma a obterem novos conhecimentos para os seus projetos e atividades empresariais.

Com a oferta do JasperReports Server no mercado AWS, ambas as empresas disponibilizam, aos profissionais de BI, ferramentas de relatório e design poderosas e, no entanto, leves, numa infraestrutura de nuvem escalável e segura. O acesso a relatórios e gráficos através do JasperReports Server no AWS não requer instalações de hardware ou software e corre inteiramente no ambiente de nuvem AWS, simplificando a sua utilização.

“Neste universo de TI em mudança, tanto os utilizadores empresariais como os profissionais de BI procuram formas mais rápidas, mais simples e mais rentáveis de utilizar a inteligência empresarial,” afirmou Brian Gentile, CEO da Jaspersoft. “Através da disponibilização do JasperReports Server no mercado AWS , estamos agora a tornar isto uma realidade com o software de inteligência empresarial mais utilizado a nível mundial.”

Para obter mais informações sobre a instalação do JasperReports Server a partir do mercado AWS, visite https://aws.amazon.com/marketplace/pp/B007IA9RWW/ .

Mais informações em www.jaspersoft.com

A Hama assinala da melhor forma o Dia da Terra com o lançamento da sua nova gama de lâmpadas ecológicas LED da Xavax.

Com um rácio de consumo face às lâmpadas incandescentes de 1:5, semelhante às chamadas “lâmpadas economizadoras” (Lâmpadas Fluorescentes Compactas, ou LFC), as lâmpadas LED oferecem contudo uma série de características que não só poupam energia como protegem o ambiente.

De certa forma, as lâmpadas LED são a combinação perfeita entre os aspetos práticos das lâmpadas incandescentes com a poupança de energia das lâmpadas LFC, ao evitarem os problemas e limitações de ambas e oferecerem vantagens específicas.

Vantagens das lâmpadas LED Xavax face às lâmpadas incandescentes:

• Menor consumo – gastam cerca de 5 vezes menos energia para o mesmo brilho;
• Maior duração – duram em média cerca de 25 vezes mais (25.000 horas vs. 1.000 horas)

Vantagens das lâmpadas LED Xavax face às LFC:

• Brilho máximo instantâneo – as LFC demoram algum tempo até atingirem a temperatura de funcionamento, sobretudo no caso das lâmpadas menos potentes, enquanto as lâmpadas LED funcionam com brilho máximo instantaneamente;
• Maior duração em situações de ligar/desligar frequentes – As lâmpadas LED têm uma duração semelhante às LFC… mas só quando se calcula o seu funcionamento prolongado; em situações de utilização normal, com frequentes ciclos de ligar/desligar, a duração das LFC é inferior ao das lâmpadas LED e pode até ser inferior à das lâmpadas de incandescência, enquanto as lâmpadas LED mantêm a sua duração em qualquer cenário de utilização;

• Ausência de mercúrio e gases halogénios – Ao contrário do que acontece com as LFC, que requerem cuidados extra na sua reciclagem, as lâmpadas LED da Xavax não incluem mercúrio e o seu processo de fabrico não utiliza gases halogénios.

As lâmpadas LED da Xavax são também resistentes a vibrações, podendo por isso ser usadas em situações que danificam rapidamente lâmpadas convencionais, quer incandescentes, quer tipo LFC.

Por último, esta nova geração de lâmpadas LED tem também uma temperatura de cor semelhante às das lâmpadas incandescentes, sendo ideal para decoração de interiores onde se pretende uma ambiência “quente”.

As lâmpadas Hama Xavax são vendidas em formatos standard, de forma a poderem substituir lâmpadas convencionais de 230 volts e de 12 volts diretamente, sem quaisquer adaptadores.

Existe uma gama completa de lâmpadas LED Xavax para diferentes aplicações. A título de exemplo, uma lâmpada com formato tipo “projetor” (R50) e “casquilho fino” convencional (E14), que pode ser usada para substituição direta de lâmpadas de incandescência de 25 Watts, consome apenas 5,5 Watts e tem uma duração em serviço estimada de 25.000 horas.

A confiança da Hama na sua gama LED da Xavax é tal que a empresa oferece uma garantia de 5 anos.

Os preços variam consoante as características. A título de referência, uma lâmpada LED Xavax de 5,5 Watts tipo R50 com casquilho E14 custa 19,90 euros.

Mais informações em www.hama.pt

Regressa a 7ª edição do Prémio Nacional Multimédia , promovido pela APMP- Associação para a Promoção do Multimédia e da Sociedade Digital

Através desta iniciativa, a APMP pretende premiar e estimular a criação em todos os suportes media, dando especial atenção a projetos que tenham implementado a criatividade através do uso direto ou indireto da tecnologia e a respectiva inovação interativa entre imagem e som, através do uso de novos programas.

As candidaturas ao Prémio Nacional Multimédia têm inicio no dia 16 de Abril de 2012 e termino a 31 de Maio de 2012.

O PRÉMIO NACIONAL MULTIMÉDIA visa a promoção e divulgação de trabalhos realizados por profissionais e empresas dos sectores do multimédia, nas seguintes categorias: Media e comunicação;  Educação e cidadania; Arte e cultura; Entretenimento; Sites e aplicações; Aplicações mobile; Premio Sony Escolas HD; e por nomeação o Prémio Personalidade.

Este ano a 7ª edição do Prémio Nacional Multimédia conta com um site dedicado. O site http://premiomultimedia.com/ desenvolvido pela 7App - Digital Agency, tem toda a informação relativa ao prémio, edições anteriores, parceiros e patrocinadores, regulamento com uma versão mobile e vai permitir aos participantes a inscrição online no concurso.

Todos os interessados devem preparar as suas candidaturas ao Prémio Nacional Multimédia, segundo formulários e informações que podem ser obtidos no site do Prémio www.premiomultimedia.com e no site da  APMP www.apmp.pt

Pág. 6 de 10

Em HTML5 e CSS3
Copyright © 2011 7App.pt - Telf: +351 210 176 161
Mobile: +351 939 165 181