Cristina Brites

Cristina Brites

Uma série de instituições ligadas à sociedade civil lançaram um portal na internet que irá promover a imagem de Portugal no exterior ao nível da realidade económica, um projeto liderado pelo ex-presidente da bolsa, Miguel Athayde Marques.

O novo site, chamado Portugal Economy Probe (www.peprobe.com), foi pensado para decisores económicos e políticos e "muito em particular os investidores nos mercados de capitais de todo o mundo", refere o comunicado.

Numa cerimónia realizada em Lisboa, com a presença de personalidades do Governo, banca e institutos públicos, Miguel Athayde Marques referiu que "um correto conhecimento da economia portuguesa é fundamental para uma adequada perceção dos mercados relativamente a Portugal", sendo que tal perceção é atualmente "muito deficiente, desatualizada e demasiadamente influenciada pelos media internacionais".

Os promotores do projecto são a Associação Portuguesa de Bancos, a CGD, o BES, a Fundação Calouste Gulbenkien, a fundação Luso-Americana, a Fundação do Oriente e o Grupo Impresa.

A Flesk Telecom está a aceitar pré-registos de nomes de domínios “.pt” durante o chamado “Período de Sunrise”, que decorre até 30 de Abril.

Na sequência do anúncio efetuado pela FCCN de que o registo de domínios .PT será liberalizado a 1 de Maio de 2012, a Flesk Telecom está a aceitar pré-registos de domínios .pt que não possam ser registados com base nas regras anteriores à liberalização. O “Período de Sunrise”, que decorre de 1 de Março a 30 de Abril de 2012, irá entretanto permitir aos titulares de direitos anteriormente constituídos assegurar e proteger o seu domínio .PT antes da liberalização plena.

O “Sunrise” é um período de 60 dias, compreendido entre 1 de Março e 30 de Abril de 2012, criado para permitir o registo de domínios terminados em “.PT”, o domínio de topo (ou TLD – Top Level Domain) de Portugal, aos titulares de marcas mistas ou nominativas nacionais, comunitárias ou internacionais, válidas ou não para Portugal, logótipos, nomes de empresa, nomes próprios, artísticos ou profissionais, ainda de acordo com as regras pré-liberalização.

Através do site www.dominios.pt, a Flesk Telecom está a aceitar pré-registos de domínios .PT de todas as pessoas e entidades que não sejam titulares de direitos constituídos até à data de liberalização. O pré-registo é apenas uma encomenda relativa a um nome de domínio que ainda se encontra disponível para registo e que será depois submetida junto da entidade reguladora a partir das 00:00 horas do dia 01/05/2012, caso essa disponibilidade se mantenha.

O valor do pré-registo em www.dominios.pt é de 10,95€ + IVA e inclui o registo do domínio pelo período de 1 ano. Não existem custos adicionais caso o domínio seja registado com sucesso.

A Domínios.PT garante o reembolso do valor pago caso o domínio para o qual foi efetuado pré-registo fique indisponível durante o período de Sunrise, seja recusado pela entidade reguladora ou registado por uma outra entidade logo após a liberalização.

Os pré-registos pagos serão submetidos junto da entidade reguladora por ordem de receção do respetivo pagamento.

Assim que for rececionado um pagamento relativo a um pré-registo, esse nome ficará automaticamente indisponível e deixará de ser possível que outro utilizador efetue um pré-registo para esse mesmo domínio até dia 30 de Abril de 2012. No entanto, a Flesk Telecom alerta para o facto de o domínio continuar disponível para registo, por uma entidade titular de um direito constituído, durante o período de Sunrise.

Bruno Carlos, fundador e diretor-geral da Flesk Telecom, referiu a propósito desta liberalização o papel pioneiro da sua empresa, salientando que “este é mais um exemplo de inovação e liderança da Flesk Telecom num momento tão importante para a evolução da Internet em Portugal.” Bruno Carlos aproveitou também para lembrar que “a Flesk Telecom, através da sua marca Domínios.PT, é uma das entidades que regista um maior número de domínios .com.pt e .PT em Portugal.”

Conheça aqui toda a história das redes sociais, nesta infografia que nos relata, ano a ano, passo a passo, o aparecimento das redes socias, a sua evolução e o impacto nas relações entre as pessoas.

Redes Sociais, infografico

quarta, 29 fevereiro 2012 11:40

Casio EXILIM EX-ZR-10 - uma prenda para o pai!

A câmara Exilim EX-ZR10 é a prenda ideal para os pais que procuram numa câmara digital mais do que apenas fotografar o momento: transformá-lo numa obra de arte.

A Casio propõe a câmara Exilim EX-ZR10 como prenda ideal para o Dia do Pai (19 de Março): muito mais do que apenas uma máquina fotográfica digital, esta Exilim abre um leque de possibilidades criativas graças às suas capacidades de disparo a alta velocidade e, sobretudo, à inovadora funcionalidade de criação de fotos artísticas HDR Art.

Estas capacidades avançadas só são possíveis graças à tecnologia de processamento de imagem desenvolvido pela Casio e incorporado no processador EXILIM Engine HS. Com esta tecnologia, a EX-ZR10 é capaz de gravações e processamento de imagens de Alta Velocidade e, através da tecnologia HDR (High Dynamic Range), permite realizar fotos de "tirar a respiração".

É a capacidade do Exilim Engine HS, que permite conjugar disparos a alta velocidade e processamento de imagens ultra-rápido, que dá à EX-ZR10 a capacidade de criar fotografias artísticas usando a tecnologia HDR (High Dynamic Range) da Casio. Esta nova geração de câmara de alta velocidade representa um avanço dramático muito para além das câmaras actualmente existentes.

Este processador de imagem surge na EX-ZR10 conjugado com um sensor de tecnologia CMOS de nova geração, com incidência da luz na superfície traseira (back-illuminated CMOS sensor), com 12 megapixéis. A sua tecnologia de captura de imagens de alta velocidade (high-speed burst shooting) aumenta grandemente o desempenho de funções básicas da câmara, tais como disparo, visualização e gravação.

HDR e HDR Art: a dimensão artística

Entretanto, a função HDR ART, de que a EX-ZR10 foi pioneira, produz fotografias artísticas que são radicalmente diferentes de fotos convencionais. A EX-ZR10 oferece uma forma completamente nova de usufruir das capacidades únicas das câmaras digitais para criar e visualizar imagens.

Com a tecnologia HDR da Casio, cada vez que o disparador é pressionado, são tiradas várias fotos com diferentes níveis de exposição, as quais são instantaneamente combinadas numa imagem única de qualidade impressionante com uma gama dinâmica alargada (HDR).

Isto assegura que tanto as áreas escuras como as áreas mais claras da foto são visíveis na fotografia, o que minimiza as áreas “deslavadas”, com demasiada luz, e as áreas demasiado escuras e sem detalhe.

Já a função HDR ART usa a tecnologia HDR para criar fotografias artísticas de grande beleza. Isto funciona através do controlo local do contraste e do nível de saturação de cor do motivo analisado, obtendo-se o tipo de efeitos que até agora só eram possíveis através de utilização de software de edição de imagem especializado – mas apenas com o simples pressionar do disparador. Agora todos podem criar facilmente autênticas, dramáticas e apelativas imagens HDR.

O conjunto óptico com grande-angular de 28 mm e zoom de 7X oferece um desempenho equivalente a um zoom de 14X através da tecnologia de Super Resolução Multi SR Zoom da Casio que combina várias imagens do mesmo motivo para criar uma fotografia única e nítida. Além disso, os duplos circuitos de processamento de imagem reduzem dramaticamente o intervalo entre disparos, permitindo rajadas de até 40 fotos por segundo quando é mesmo necessário capturar um momento crucial. Estas funções não deixam nenhuma imagem por registar.

As alargadas opções de disparo incluem a função Premium Auto, que tira belas fotografias com apenas o pressionar do disparador, e Slide Panorama, que permite a fácil captura de imagens panorâmicas de 360º. A câmara oferece ainda uma gama completa de funções de gravação de vídeo. Além da possibilidade de gravação de vídeos até 480 fps para ultra-câmara lenta, a EX-ZR10 também captura e grava vídeos FullHD no formato H.264.
Enquanto está a gravar vídeo, a câmara permite ainda a captura simultânea de imagens fotográficas com o zoom óptico e com a função de disparo em rajada de alta velocidade (burst shooting).

A Casio Exilim EX-ZR10 está à venda em Portugal por um preço aproximado de €199,99.

Mais informações em http://pt.exilim.eu

O Barómetro de Telecomunicações da Marktest contabiliza cerca de 360 mil portugueses que utilizam PDA, Blackberry ou Smartphones.

Os resultados do quadrimestre móvel de Dezembro de 2011 do Barómetro de Telecomunicações indicam que 358 mil portugueses já utilizam telemóveis do tipo Smartphones, um número que representa 4.2% do total de residentes em Portugal com 10 e mais anos que possuem telemóvel.

Este valor duplica a taxa de penetração observada um ano antes, quando 1.9% do universo em análise também referia utilizar este tipo de equipamento.

O estudo mostra ainda que, no final de 2011, 27.4% dos possuidores de telemóvel utilizam telemóvel de 3ª Geração/3G, isto é, que permite fazer video-chamadas e que 21.7% usam um telemóvel que, não sendo 3G, permite aceder ao portal do operador. Contam-se ainda 44.1% de indivíduos que referem utilizar outro tipo de telemóveis, havendo ainda 2.6% que não sabem ou não respondem a esta questão.

A análise teve como base indicadores do estudo Barómetro de Telecomunicações da Marktest para o universo composto pelos residentes em Portugal com 10 ou mais anos. Contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

fonte: Marktest

terça, 28 fevereiro 2012 12:08

Índice de Big Data da Índice de Big Data

Jaspersoft anuncia o Índice de Big Data para identificar a procura de análise de big data

A empresa líder em BI de fonte aberta é capaz de aferir a procura de fontes de Big Data populares, incluindo Hadoop Hive, HBase, MongoDB, Cassandra e outras.

Jaspersoft, empresa produtora do software de inteligência empresarial (BI) mais utilizado a nível mundial, lançou hoje o primeiro Índice de Big Data do setor de inteligência empresarial, uma classificação dos downloads de conectores para as bases de dados e fontes de dados mais importantes, incluindo Hadoop Hive, Hadoop HBase, MongoDB, Cassandra e outras estruturas populares utilizadas para gerir conjuntos de Big Data.

Capturando dados descarregados entre janeiro de 2011 e janeiro de 2012, a Jaspersoft pode verificar as tendências do crescimento global da análise de Big Data e classificar a procura de fontes de dados individuais.

Os resultados mais importantes obtidos até à data através do Índice de Big Data 2012 indicam que:

  • Foram descarregados mais de 15 mil conectores Big Data em 2011;
  •  A procura da MongoDB, a base de dados NoSQL orientada para documentos; registou em 2011 o maior pico de crescimento, equivalente a mais de 200%;
  • A Hadoop Hive, a interface SQL para Hadoop MapReduce, representou 60% de todos os conectores em Hadoop;
  • O Hadoop HBase, o ambiente Hadoop distribuído, foi o segundo conector mais popular em Hadoop;
  • Cassandra, a base de dados NoSQL de elevada disponibilidade, classificou-se entre as quatro fontes de Big Data mais descarregadas em 2011; e
  • Mais de 27% das transferências de conectores de Big Data foram para Riak, Infinispan, Neo4J, Redis, CouchDB, VoltDB ou outros.

De acordo com o Índice de Big Data da Jaspersoft, a procura de métodos mais rápidos e sem descontinuidade de ligação, análise e apresentação de conhecimentos de Big Data cresceu significativamente ao longo do ano passado. Os dados baseiam-se no número total de downloads de conectores no JasperForge, o site de fonte aberta da Jaspersoft orientado para a comunidade. O Índice de Big Data rastreia o mais amplo conjunto de ambientes NoSQL e de Big Data, incluindo Hadoop Hive, Hadoop HBase, MongoDB, Cassandra, Riak, Infinispan, Neo4J, Redis, CouchDB, VoltDB e outros.

“A rápida obtenção de conhecimentos de fontes de Big Data como a Hadoop ou a MongoDB resulta numa enorme vantagem competitiva para as empresas”, afirmou Karl Van den Bergh, vice-presidente de produtos e alianças da Jaspersoft. “Seguindo o Índice de Big Data observamos três abordagens populares de acesso a ambientes de Big Data em inteligência empresarial. Estas incluem relatórios e análise através de conectividade direta, relatórios diretos de tipo batch e extração de dados através de ETL de batch para um armazém ou base de dados central. As empresas desejam opções para análise de Big Data porque cada caso é diferente. Algumas pretendem respostas diretas e imediatas das suas fontes de Big Data ao longo do dia, enquanto outras desejam uma abordagem mais tradicional com relatórios periódicos. O Índice de Big Data proporciona visibilidade quantitativa relativamente a estas tendências.”

O crescimento atual do volume, variedade e velocidade dos dados conduziu a uma explosão de novas estruturas de dados que recolhem e processam Big Data. Para mais informações e continuar a seguir o Índice de Big Data, visite www.jaspersoft.com/big-data-index.

Mobile World Congress: A GSMA - Groupe Speciale Mobile Association - anunciou hoje a primeira de uma série de atividades criadas para ajudar os utilizadores e os operadores a gerir o aumento da demanda de tráfego e dados gerados pelas aplicações para dispositivos móveis e smartphones.

A GSMA criou um guia para programadores que os irá ajudar a garantir que as suas aplicações sejam mais amigáveis dos utilizadores e das redes. em parelelo ao lançamento deste guia, a GSMA apresenta o concurso "Smarter Apps Challenge" ("Desafio para Apps mais Inteligentes"), para promover o desenvolvimento de aplicações mais eficientes para dispositivos móveis.   

"A grande adoção de smartphones e a explosão das aplicações para dispositivos móveis transformaram para sempre a forma como os utilizadores comunicam, acessam e compartilham informações", disse Anne Bouverot, diretora geral da GSMA. "Essa dinâmica traz também novos desafios para os operadoresl, que administram volumes de tráfego cada vez maiores nas suas redes, e, o que é mais importante, as cargas de sinalização, que tiveram um aumento dramático. Os novos programas anunciados hoje ajudarão a promover a eficácia das aplicações e redes e oferecem uma melhor experiência aos utilizadores".   

Apps mais inteligentes para telefones mais inteligentes

A demanda do consumidor por aplicações inovadoras para smartphones aumentou dramaticamente nos últimos anos; existem agora mais de 1 milhão de apps disponíveis em todo o mundo, e mais de 19.000 novas aplicações são acrescentadas a cada semana, de acordo com a empresa Distimo, de análise de dispositivos móveis. Esta alta demanda e uso intenso de aplicações para dispositivos móveis trouxeram um aumento ainda maior da carga de sinalização no nível da rede, em comparação com uma quantidade relativamente baixa de tráfego de dados. Um dos motivos para esse aumento da carga de sinalização é a proliferação dos aplicativos "não amigáveis à rede" ("network-unfriendly")  que não são otimizados para as redes móveis; redes móveis têm seus próprios requisitos e restrições, e os aplicativos projetados para redes fixas podem não ter um bom desempenho no mundo dos dispositivos móveis.  

A GSMA estabeleceu uma TASK-FORCE com 22 operadoras que trabalharão com todas as áreas do ecossistema das aplicações para dispositivos móveis, inclusive os programadores, vendedores de sistema operacional, e donos de lojas de aplicações, fabricantes de equipamentos e fornecedores de infra-estruturas de redes. Com o apoio das operadoras, entre elas a Bharti Airtel, KT Corporation, NTT DOCOMO, Orange, Rogers Communications, Telecom Italia, TeliaSonera, Verizon Wireless, VimpelCom e Vodafone, a GSMA divulgou hoje uma série de recomendações para os programadores de aplicacões que permitirão melhorias em várias áreas, inclusive a conectividade das mesmas, consumo de energia, fiabilidade de rede e segurança. Cumprindo essas diretrizes, os programadores estarão mais bem preparados para criar aplicativos para propósitos específicos; as operadoras terão uma redução da pressão nas suas redes; e os utilizadores terão apps mais confiáveis e de melhor resposta e vida útil prolongada da bateria.

"A KT foi a primeira a apoiar o trabalho da GSMA em termos de aplicações eficazes, e acredita que a GSMA tem um papel fundamental para liderar essa iniciativa global", disse Hyun-Mying Pyo, presidente do Grupo de Negócios de Telefonia Móvel da KT e membro do conselho da GSMA. "Com o aumento explosivo dos utilizadores de smartphones, é cada vez mais importante administrar de forma inteligente os recursos da rede para fornecer a melhor experiência de usabilidade a todos os utilizadores. Esse esforço deve envolver todas as partes interessadas nesse ecossistema, e a KT está empenhada em liderar a iniciativa para obter um uso mais eficiente dos recursos da rede."   

"A Orange apoia esta nova iniciativa da GSMA para eficácia de aplicativos, e acreditamos que trabalhando juntos estaremos agindo em benefício dos nossos clientes", disse Jean-Paul Cottet, vice-presidente executivo sénior do Grupo de Inovação e Marketing da Orange.  

A GSMA lança um concurso para programadores  

Para incentivar os programadores a implementarem essas recomendações e criarem aplicações mais eficientes para dispositivos móveis, a GSMA lançou hoje o concurso para programadores chamado "Smarter Apps Challenge" ("Desafio para Apps mais Inteligentes"). Para participar, os programadores devem enviar as suas aplicações para smartphones comercialmente disponíveis, em qualquer plataforma, que satisfaçam a crescente necessidade do mercado de mais eficiência, conforme definido nas diretrizes da GSMA. Os juízes identificarão as 3 aplicações mais eficazes, e os vencedores serão anunciados na Mobile Asia Expo, da GSMA, que será realizada em Xangai, de 20 a 22 de junho de 2012. Os vencedores receberão prémios em dinheiro e outros prémios, inclusive uma viagem à Mobile Asia Expo.

sexta, 24 fevereiro 2012 15:09

ACER: O Novo Smartphone Liquid Glow

A Acer apresenta o smartphone Liquid Glow no Mobile World Congress 2012, em Barcelona. Baseado na versão 4.0 Ice Cream Sandwich do sistema operativo Android, este smartphone oferece o derradeiro equilíbrio entre estilo, desempenho e acessibilidade – uma combinação ideal para a atual geração de jovens que anseiam por diversão e ligação às redes sociais.

O Liquid Glow ostenta um ecrã de 3,7 polegadas e espelha a imagem de marca da Acer com curvas agradáveis, detalhes em cromado e revestimento suave ao toque combinado para oferecer o tamanho e sensação perfeitos. Este novo smartphone estará disponível numa série de cores: Sakura Pink, Alpine White e Cat’s-eye Black. Além disso, o estilo do ecrã principal varia consoante a cor externa, tornando cada smartphone numa afirmação de estilo.

O Liquid Glow combina o poder e a conveniência do Ice Cream Sandwich, fornecendo uma interface amiga do utilizador e widgets para uma ligação fácil, divertida e atualizada. Esta versão do sistema operativo também funciona com o novo motor de busca por voz da Google, que garante um microfone contínuo e reconhecimento de voz por streaming.

A câmara traseira de 5 MP do smartphone suporta captura de imagens panorâmicas, focagem por toque e possui um flash LED para situações de pouca luz, bem como para capturar imagens panorâmicas. Com o Android Beam, as fotos podem ser partilhadas com um toque com outro dispositivo Android com Near Field Communication (NFC), sem o incómodo de abrir uma aplicação ou emparelhar. Mais, o Android Beam pode ainda partilhar contactos, aplicações favoritas, música ou vídeos instantaneamente via NFC.

Venha conhecer o novo smartphone Liquid Glow na Acer Pod, localizado no interior do Stand Google Android, no Hall 8 – 8C25, em Barcelona.

O Acer Liquid Glow estará disponível no início do Verão, em 2012.

Os dados do Bareme Internet da Marktest, disponíveis no estudo Os Portugueses e as Redes Sociais 2011, confirmam que o email é o serviço de comunicação mais utilizado na Internet pelos portugueses.

De acordo com os dados do estudo Bareme Internet da Marktest, disponíveis no estudo Os Portugueses e as Redes Sociais 2011, 4,6 milhões de residentes no Continente com 15 e mais anos costumam utilizar Correio Electrónico, um número que corresponde a 55.5% do universo em análise.

Actualmente, o Instant Messaging é, na área da comunicação, o segundo serviço mais utilizado pelos internautas nacionais, com 3,4 milhões de utilizadores (40.7%). As chamadas telefónicas (VoIP-Voice over Internet Protocol) somam 1,1 milhões de utilizadores (13.7%).

O correio electrónico, para além de ser o serviço mais utilizado pelos internautas nacionais, também foi o que maior crescimento registou entre 1997 e 2011. Neste período, o número de utilizadores de correio electrónico aumentou mais de catorze vezes, passando de 3.7% em 1997 para os 55.5% agora observados.

Os homens, os mais jovens e os estudantes são os targets que mais utilizam este serviço de comunicação, embora tenha sido junto das mulheres, dos mais idosos e dos inactivos que se observaram as maiores taxas de crescimento na penetração deste serviço de comunicação ao longo dos últimos anos.

Fonte: Audiências de Internet , Grupo Marktest, Hoje

Encontram-se abertas candidaturas  ao Concurso 01 2012 do Sub Program 3 do PRODER - Dinamização das Zonas Rurais, de 10 de Fevereiro a 15 de Abril de 2012, para o território de intervenção - Ribatejo Norte ( Alcanena, Ferreira do Zêzere, Ourém, Tomar, Torres Novas e Vila Nova da Barquinha)

Para qualquer esclarecimento contactar:

ADIRN - Associação para o Desenvolvimento Integrado do Ribatejo Norte

Pág. 8 de 10

Em HTML5 e CSS3
Copyright © 2011 7App.pt - Telf: +351 210 176 161
Mobile: +351 939 165 181